::::POUPANÇA de 5 Reais::::

Por Saulo Gouveia 

*A Gazeta - Cuiabá - MTColuna Seu Bolso - Economia

Depois de uma vida de misérias e privações, um homem conseguiu amontoar um tesouro, que enterrou longe de casa e colocou uma pedra em cima. Adorava ir lá e ficar olhando o seu tesouro, tanto o fez que chamou a atenção do vizinho que acabou roubando-lhe tudo. - Meu tesouro! Minha alma! Roubaram minha vida! Gritava o homem desesperado. Um viajante que passava foi atraído pelos berros e perguntou: - Que é isso, homem? - Meu tesouro, roubaram meu tesouro! - Que tolice, não seria mais cômodo gastá-lo quando preciso fosse? Perguntou o viajante. - Gastar o meu tesouro? Eu não teria a coragem de gastar uma moedinha sequer. O viajante então aduziu: - Se é assim, o tesouro não tinha para você a menor utilidade. Ponha no buraco vazio uma pedra, que dá no mesmo. Nenhuma serventia tem o dinheiro para quem somente o guarda e não gasta. Será que é pensando em gastar em proveito próprio que as pessoas não guardam nada? Ou é porque não conseguem a disciplina necessária para guardar pelo menos um tanto para resguardar o futuro, quando não terá mais forças para gerar renda? Se você não é avarento e nem sovina como o homem da história, mas também não é insensato ao ponto de não poupar nada, parabéns escolheu o caminho do meio e fez bem. Mas, quando você não consegue lançar os gastos diários em um simples caderno para somar e medir o tamanho de seu orçamento; quando você não consegue fazer seu orçamento anual para tirar o dízimo da poupança, visando a independência financeira; quando você não consegue administrar seu orçamento pessoal para sobrar recursos e investir, tente a técnica dos 5 reais. Não sei quem a inventou, mas já ouvi falar dela em algumas palestras e em livros. A técnica dos 5 reais consiste em você guardar toda cédula ou moeda de valor menor que 5 reais e no fim do mês aplicar em investimentos rentáveis. Saiu do restaurante e ficou na carteira duas cédulas de 2 reais, guarde. Pagou a conta da panificadora e sobraram duas moedas de 1 real, guarde. E assim vá guardando ao longo do mês e aplique. É uma técnica que funciona, pois não precisa de disciplina, nem de ser um especialista em finanças pessoais. Basta querer e começar. Você pode combinar com o cônjuge, os filhos e guardar tudo que passar pelas mãos deles com valor inferior a 5 reais. Faça o teste por 6 meses e calcule o resultado projetando um período mais longo. Nada de uma vida de misérias para usufruir depois, mas se não investir agora, a vida depois será de misérias. Pense nisso, mas pense agora.

 Fonte: A Gazeta - Cuiabá - MT

=======================================================================

Apoio:
::|Pós-Graduação - |Educação Física| 
Mais Perto de Você::: 
Vamos prosperar com informação de qualidade.
--



--

  • Programa de Indicação II -  Conquiste uma oportunidade de bolsa ou dinheiro (Pós EAD e Graduação Presencial MG) - Clicar Aqui |


Nenhum comentário:

Postar um comentário